segunda-feira, 4 de julho de 2011

Então muda...

Então muda a casa, as coisas de lugar,
Quem sabe muda à planta no jardim, as cortinas da sala.

Então muda de roupa, o vocabulário,
Quem sabe muda o lugar de sentar-se à mesa, o teu desarrumado.

Só te peço então...

Não muda o olhar de bravo, não muda as fotos do álbum,
Quem sabe não muda o sorriso largo e a força do abraço.



                    Tauana Pizzolatto