quarta-feira, 3 de abril de 2013

I do not care.



Eu não me importo; bom não deveria pelos menos.
Fico repetindo compulsivamente; escondendo outros dizeres como;
Eu gosto, eu quero, e siga em frente.
Eu não me importo; deveria ser minha primeira reação,
Mas tenho um coração ingênuo; não vendo a maldade tão exposta.
Depois dilacero minha magoa.

Eu não me importo; e repito;
E repito; e repito.
Na esperança de tudo se tornar verdade.
Eu não me importo. E o coração vai se persuadindo.
As lembranças se esvaindo; o amor partindo;
Mas pros desatinos eu ainda repito
I do not care!


Tauana Pizzolatto Raio De Luar