segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Necessidades dos dias.


Sempre pedi para que o tempo parasse;
Que o final de semana chegasse para o descano reinar.
Hoje peço que o tempo dure, perdura, demore se possível.
Antes não percebia as necessidades dos dias;
Hoje aprecio cada segundo.
O trabalho fadigado me possibilita;
Desejar bom dia a diversas pessoas.
Ainda tem a brisa que congela o corpo;
Fazendo-me encher o coração de amor;
Desejando um suplício de quentura
E de um amor novo!


Tauana Raio De Luar